segunda-feira, 21 de janeiro de 2008

Agarra as estrelas

Normalmente não escrevo com base num título, mas desta vez não resisti à frase que o Pedro Carvalho me deu.
Aqui vai:

Agarra a lua,
o céu e o futuro
e agarra tão longínqua
a memória
deste meu amor.

Agarra as estrelas,
esmaga-as
e nas mãos febris
de hoje,
agarra o meu amor
e deixa-me
ser infeliz assim.

Só. Só.

Porque as estrelas
se podem agarrar...
agarra-as por favor!

8 comentários:

Isabel-F. disse...

e fizeste bem em não resistir porque as tuas palavras ficaram maravilhosas.


beijinhos e boa semana

AcidoCloridrix disse...

Que bom que ainda há estrelas no céu né??? E poemas lindos como os teus,,,, Jokas,,,, HCL

wind disse...

Ficou lindo:)
Beijos

Antonio Sabão disse...

Bem agarrada a frase!
bjs

Graça Pires disse...

Agarra as estrelas
com o olhar...
Um beijo

peciscas disse...

Sobretudo, é preciso agarrar a vida!

A. João Soares disse...

Para quem tem a arte dentro de si nunca é im+possível fazer uma boa obra mesmo que de início receie o mote. Agarra-as e trá-las até mim para me aquecer o coração, tanto que só tenha por fim a explosão. E, depois, que os restos voem com elas e por lá vivam com paixão ardente para iluminar o mundo com amor e harmonia infinda.
Parabéns cara amiga. Nunca pare nem hesite no versejar.
Beijos
João

gota de água disse...

Quem me poder agarrar as estrelas...
Ai...
bjs