segunda-feira, 14 de janeiro de 2008

Acaso

Se o acaso me encontrou
nessa noite cinzenta
e te trouxe de novo
a esperança
que o momento se viva
em pleno
e que o amor
aconteça...

9 comentários:

wind disse...

E que aconteça mesmo:)
Beijos

poetaeusou . . . disse...

*
que a noite cinzenta,
tenha um florido amanhecer,
.
bji
*

Teresa David disse...

É sempre bom quando o amor acontece, o grave é que por vezes é só um encontro de corpos desprovido de qualquer sentido!
Bjs
TD

António disse...

...então porquê esperar mais?

Beijinhos

Anónimo disse...

que o acaso traga em si sorrisos, esperança e amor.
Carla

peciscas disse...

Há acasos felizes...

Quanto ao jantar, se, por acaso morasse mais perto, iria com gosto.
Assim, é um bocadito fora de mão...
Mas faço votos para que tudo corra bem.

Graça Pires disse...

Que o amor aconteça mesmo por acaso.
Um beijo.

Å®t Øf £övë disse...

Paula,
Eu diria que os acasos não acontecem por acaso...
Beijinhos.

Antonio Sabão disse...

Muito bom! :)