terça-feira, 13 de janeiro de 2009

O sinal


O sinal perfeito
de uma inacabada
frase
pontua de vírgulas
um anónimo subtil
sentimento
de alvorada
e mansamente
da nuvem branca
solta-se
o exequível
formato poético
do sol.


Foto: Viajantis

31 comentários:

Starseed disse...

Olá Paula!

Se prestarmos bem atenção ás nuvens elas podem dar-nos mensagens maravilhosas.

Fica em PAz,

Starseed

Isa disse...

Bom dia.Como está a Tânia?
Rezo por ela.
Beijoo.
isa.

Fa menor disse...

O Sol - poesia diária que pontua a nossa existência!

Beijinhos

Boa semana

Viajantis disse...

Que continues a ser, com as tuas palavras, o Sol que aquece os nossos dias!!!

vício disse...

o sinal perfeito duma frase inacabada é as reticencias, certo?

Amaral disse...

Os versos soltos para um poema subtil...

Justine disse...

Que empolgante retrato de um amanhecer!

Vanessa. disse...

Lindo!

wind disse...

Gostei muito.
Beijos

mfc disse...

Para dar certo é melhor que esteja tudo no seu devido lugar!
... outras vezes, nem por isso.

Gilbamar disse...

Sim, o sol exibe um exeqível formato poético que fascina e cativa.

Fraternal abraço.

Amita disse...

Perfeito e muito lindo.
Um bjinho

peciscas disse...

Um poema manso, tranquilo.Tal como por vezes a Natureza surge aos nosso olhos.

Isa disse...

Também amo Vinicius!
Beijo.
isa.

Maria Clarinda disse...

(...)e mansamente
da nuvem branca
solta-se
o exequível
formato poético
do sol.


Lindo ,Paula! E mais uma vez trouxe a parte que me tocou fundo!
Maravilhosa também a foto. Jinhos no teu coração.

FERNANDA & ASTROLOGIA disse...

MINHA QUERIDA AMIGA, DEIXO ESTE MARAVILHOSO SOL NO TEU CORAÇÃO... PARABÉNS AO VIAJANTIS, PELA MGNÍFICA FOTO... UM ABRAÇO DE CARINHO,
FERNANDINHA

Elcio Tuiribepi disse...

Ahh..as nuvens...hoje me encantei com uma, tenho mania de procurar formatos e hoje acabei achando...se procurar nesta sua imagem, provavelmente também irá achar...belo poema...um abraço na alma

Branca disse...

Bonitas palavras...bonita foto...
bjo carinhoso,
Branca.

vida de vidro disse...

Que belo é quando um poema amanhece assim! **

LuzdeLua disse...

Muito belo
Bem como as nuvens, o dia...
Passando, deixo-te um abraço com carinho e bons desejos para a semana.
Bjs

Je Vois la Vie en Vert disse...

Vim só te deixar um sinal da minha amizade.
Também anteriormente já te "surripei" o selo para a Tânia.

Beijinhos verdinhos

Eduardo Aleixo disse...

Gostei muito. Não sei o que é mais subtil: se o sol matinal; se a nuvem; se o poema; se tu. Mas, sentindo melhor, acho que é o conjunto. Beijo. Subtil. ( Olha que há beijos que levam til (1), mas este não ).
(1) Não me admirava nada com o novo Acordo Ortográfico.
Eduardo

Thiago disse...

Passei por aqui e gostei deste sinal perfeito...um beijo grande de terras catalanas

Mariz disse...

Salvé!
Grata pela sua visita.
Seja bem-vinda.
quanto ao neto...acho que todas as pessoas pensam que aquele post lhe é dedicado...mas não! É sim para todos os vêm deixando a sua marca alí e todos os que vierem a seguir.

A referência ao meu neto Diogo, vem no sentido de agradecer todas as palavras carinhosas que tenho recebido, pela sua vinda a esta escola: GAYA! - planeta Terra.Nada mais!
Ele é um menino igual a tantos outros! - com uma missão conjuna ou individual...já que estamos nos finais dos tempos!

Mariz

Ana Oliveira disse...

O sabor das palavras que deixam na boca o gosto de leite e mel!
Assim saboreio um amanhecer que nao vi, mas sei reconhecer!

Beijos

Ana

manzas disse...

Abri meus olhos de alma ensopada
Salpicados pelo cheiro da maresia…
Na fina areia molhada o mar me acordava
Num manto de espuma branca, me dizendo… bom dia!

O abraço...

Isa disse...

Gostei da visita.
Prefiro o vinho à cerveja.
Em Luanda,qdo lá estive,era a acompanhante ideal para o marisco.
Beijo.
isa.

Mariazita disse...

Belíssimo poema, foto maravilhosa.
Gosto imenso de fotos de núvens, e esta é particularmente bonita.
Parabéns aos dois autores...

Beijinhos
Mariazita

pin gente disse...

como mudam os céus sob o seu fundo azul. pintados pelos ventos que decoram nuvens. iluminados pelo sol mesmo que sombreado. vestem-se, embelezam-se, maquilham-se e perfumam-se. para acontecer a hora em que de tudo se libertam. regressam em qualquer puro tom de azul.

um beijo, paula
obrigada pelas palavras

poetaeusou . . . disse...

*
paulinha,
sinal poético ?
*
VOLTEI . . .
,
alentado me sinto
com a tua visita,
,
navego,
no mar do contentamento,
espumando sophia,
entre o sal de pessoa
e a fenda de redol . . .
,
vagas de gratidão, deixo-te,
,
*

Ana Martins disse...

Perfeito!!!!
Adorei!

Beijinhos,
Ana Martins