quinta-feira, 5 de junho de 2008

Urgente

É urgente gritar
em qualquer lugar
que não consigo lidar
com o silêncio
a que o sonâmbulo despertar
me obriga,
numa tontura desesperada
e que por omissão
ele me obriga
a não saber aplacar
a realidade imposta.

É urgente acabar o sorriso.

9 comentários:

poetaeusou . . . disse...

*
essa do imposta,
não será, irreais impostos ?
,
jinos
,
*

wind disse...

Forte e depressivo.
Foi como o senti.
Beijos

DelfimPeixoto disse...

Acabar com o sorriso??? Não, não... É preciso acabar com o que não nos deixa sorrir...

Laura disse...

Olá minha querida... E de que nos valeria gritar? mesmo todos ao mesmo tempo? já andam a gritar muitos pela rua e?... Nada se consegue..Entendo que de manhã te sintas desmotivada por ver que a vida nem corre a contento, mas a maioria das gentes sente-se assim...gritamos e eles fazem-nos ouvidos moucos... Ah, como gostaria que todos acordassem bem da vida e tivessem trabalhos de que gostam e nada faltasse no lar de cada um...nem um lar...mas!...
Beijinho da laura..

Eduardo Aleixo disse...

Não acabes com o sorriso, por favor...seja lá ele - pessoa que desconheço - quem for.
Beijo.

Eduardo Aleixo

© Piedade Araújo Sol disse...

ai!

acabar o sorriso, não, não!

nem que seja um sorriso triste!

mas sempre um sorriso!

beij

leonor costa disse...

Acabar com o sorriso? Não concordo. Muitas vezes é o sorriso que serve de máscara e nos ajuda a ir mais além.


Bjs.


HOJE E AMANHÃ

peciscas disse...

Mas, como dizia o Eugénio
É urgente o amor
É urgente permanecer

Å®t Øf £övë disse...

Paula,
Aqui está aquilo que poderia ser um bom hino para tentar despertar este povo português que anda completamente adormecido.
Beijinhos.