sábado, 21 de junho de 2008

Paixão

Ao sal doce da tua voz
junto uma pitada de canela
e água de côco q.b.
espalho sobre o meu corpo
para que o saboreies
gota a gota
e me perguntes porquê,
e eu te responda
porque sim,
porque o doce sal
da paixão
é Afrodite de mim...

11 comentários:

wind disse...

Lindíssimo;)
Beijos
PS:Gosto deste novo template:)

lena disse...

a beleza que me embala, os sabores que saciam a emoção que brota da tua poesia

o amargo e doce desse sal da vida...


estar aqui e ler-te, é sentir-te. é delicioso

abraço-te com ternura querida Poeta e doce Paula

beijinhos meus

lena

Isabel-F. disse...

uma maravilha este poema ... sem dúvida que transmite Paixão.


beijinhos

a casa da mariquinhas disse...

Sem tempo para comentários, venho apenas deixar um beijinho de despedida, já que vou amanhã de férias, por 2 semanas.
Amanhã publicarei um post, o último desta fase.
Se quiser e puder...vá lá ver.
Quando regressar farei uma visita
Tudo de bom.
Beijinhos
Mariazita

Pena disse...

Oh, linda Amiga:
Uma paixão incrédula de criatividade. Só do seu encantador ser.
Beijinhos amigos de imensa estima e respeito.
Sempre a admirar o seu deslumbre e beleza originais sensíveis e doces.
Mesmo muito geniais e muito poéticas de enternecerem

pena

Å®t Øf £övë disse...

Paula,
Esta receita tentadora q.b.
Beijinhos.

xistosa - (josé torres) disse...

A paixão já exsuda o corpo de sal.
A canela, do pé ao joelhho, tem o sabor que desejamos, lúbrico ... ou ...
Talvez um conjunto libidinoso ...
Na paixão não há meios termos ... somos totalmente do outro!
Bom fim de semana

Odele Souza disse...

Paixão.

É preciso tê-la presente em tudo qu fizermos. E tu escreves com paixão e por isto tudo fica tão bonito.

Beijo!

A. João Soares disse...

Gostei do «porque sim». Linda é a tua poesia, mas, além da beleza poética, há sempre ideias meio escondidas que trazem os maiores segredos da vida que nem o próprio conhece. Porquê? Porque sim. As coisas acontecem.
Beijos
João

Graça Pires disse...

Excelente receita para a paixão...
Um beijo.

Eduardo Aleixo disse...

Lindo, Paula.
Eduardo Aleixo