segunda-feira, 17 de dezembro de 2007

Os ralos das piscinas


No blog da Flavia são relatados o perigo dos ralos das piscinas, o coma da menina e como a justiça é tão lenta.

A solidariedade da blogagem colectiva é uma chamada de atenção e uma força para a família.

7 comentários:

wind disse...

É isso aí, mesmo virtualmente, podemos ajudar!
Beijos

Isabel-F. disse...

1 beijinho para ti Paula.

Odele Souza disse...

Obrigada por sua participação (dupla) na Blogagem Coletiva de Flavia. Obrigada por este post.

Um beijo nosso.

andre wernner disse...

Paula,
Os ralos perigosos e os irresponsáveis que pensam que tudo podem. O que aconteceu com a Flavinha foi um crime que precisa de justiça.
No meu artigo para a blogagem depois de analisar detalhadamente tudo o que aconteceu, ficou claro a desfaçatez dos ambiciosos e visionários. Pôr dinheiro, se necessário, vendem a própria alma!
Pois, então que vendam às deles, mas não criem transtornos para os outros, como fizeram com essa então menina, e hoje mulher!
Sua presença na blogagem é a voz da sociedade consciente ajudando a fazer desse, um país melhor, sem dúvida.
Abs

peciscas disse...

Também me associei, com a minha modesta contribuição.

Sombra do Sol disse...

Olá boa noite, participando da blogagem coletiva tive oportunidade de conhecer sua página, parabéns! Em momentos assim onde a impunidade infelizmente opera, temos que aprender amar a todos, indistintamente, para conseguir encontrar a luz que tanto desejamos. Temos que procurar não distinguir o sábio do ignorante, o rico do pobre, quando se trata de ajudar. Estamos todos nós empenhados nesse propósito para podermos levar aos tristes a consolação, aos que lutam o incentivo da compreensão e o carinho. Espero que consigamos nosso objetivo que é JUSTIÇA!! Abraços fraternos do amigo.
http://sombradosol.zip.net/

Menina_marota disse...

Já tive oportunidade de conhecer e divulgar o drama da Flávia e de sua Mãe Odele.
Um drama que não deixa ninguém indiferente, mas que, infelizmente, tem apanhado cega a justiça.

Grata por a partilhares aqui.
Bj
O.