segunda-feira, 2 de fevereiro de 2009

Canções


Serei o futuro de um olhar
debruçado na janela
sobre o mar
apoteose e aplausos,
serei o passado
de uma voz entre risos
e lágrimas
perdido no tempo
e poderei talvez ser
um presente encantado
em canções de amor
que ninguém
sabe ainda trautear.


Agradeço à minha Amiga Maria Clarinda a foto que me ofereceu com todo o Amor! Obrigada! Que o meu poema a mereça!

42 comentários:

Isa disse...

E merece,Amiga.
Tem recado para os Amigos,no meu blog.
Beijo.
isa.

Mariz disse...

Salvé!
foto e poema...sem comentários. Poucos conhecem...de facto!
Tem um award na faixa da direita. O 1º que se vê. Uma flor com um braçado de flores.
Sempre..
Mariz

Jorge C. Reis disse...

A foto é linda mas o poema merece os meus aplausos da maior admiração.

PreDatado disse...

O poema e a fotografia a merecerem-se um ao outro.
Beijo.

j. monge disse...

toda a mulher tem uma canção lá dentro.
ouve-se nos olhos.
ouve-se nas mãos.
ouve-se no riso e nas lágrimas.

basta escutar!...

Viajantis disse...

futuro, passado, presente....saltitando em espaços temporais!
prefiro ser embalado no futuro em canções de amor que entretanto alguem aprenda a trautear....

Sonia Schmorantz disse...

Acredite que sua semana vai ser muito feliz,
que todos os dias o céu tem uma nova cor
e que o Universo conspira a seu favor,
sempre que você assim o quiser.
Assim que seus olhos avistarem o sol pela manhã
lembre-se que este novo dia está por ser escrito
e pode ser sempre um dia feliz,
se você se permitir assim...

Maria Clarinda disse...

(...)Serei o futuro de um olhar
debruçado na janela
sobre o mar
apoteose e aplausos,(...)

Eu, é que fiquei sem palavras ao ver este poema maravilhoso, transbordando a tua força interior!A foto foi tirada a pensar nessa força que existe dentro de ti, e, para ti.
Sinto-me super feliz, por a teres colocado a acompanhar este poema.
Obrigada, Paula.
E Parabéns mais uma vez pelo poema, que está como disse em cima MARAVILHOSO!

Je Vois la Vie en Vert disse...

Fizeste honra com as tuas belas palavras à linda fotografia da nossa amiga Maria Clarinda !

Beijinhos verdinhos para as duas !

LUA DE LOBOS disse...

olha que duas:) um belo poema e uma foto linda... olha mesmo que duas...
xi
maria

pedro oliveira disse...

Deve haver uma grande cumplicidade entre vós popis a foto fica que nem uma luva, não não é dessas... é mesmo das quentinhas..., no poema.
boa semana

Amaral disse...

Um presente que podemos aplaudir nesse teu olhar singelo.
Cada canção provoca um batuque no peito de alguém. Por isso, se tenta sempre trauteá-la, ainda que de forma trôpega e hesitante...

Gleidston dias disse...

Um poema com olhar de sensibilidade nas palavras,e profundo no poeta que as escolheu,parabens Paula.

Otima semana.

bjss

Eduardo Aleixo disse...

Parabens, Maria Clarinda, pela excelente foto. E parabens, Paula, pelo teu poema, sempre sensível e profundo. Uma boa semana. Beijo.Eduardo

Graça Pires disse...

E apetece trautear canções de amor.
A foto da Maria Clarinda é muito bela. Um beijo Paula.

Laura disse...

Ah, mas que beleza, que harmonia e a foto a acompanhar, sendo assim oferecida, mas que belo naco de foto e poesia, juntas...provocam uma onda de emoção e ternura... Beijinhos para as duas ninas amigas...a Clarinda banhou-se no mesmo mar que eu, amou o mesmo mar, percorremos a nossa cidade ao mesmo tempo, ah, benditas recordações...Um xi a envolver as duas. laura..

Vanessa. disse...

Lindíssimo poema!

Osvaldo disse...

Olá Paula;
Uma vez mais mostras como é fácil (para ti), aliar à imagem (bela) um poema que de tão belo se torna pequeno, porque no fundo, gostariamos de continuar a ler...
É a magia da poesia e de quem à poesia a trata em toda a intimidade como a Paula faz...
bjs
Osvaldo

wind disse...

Linda foto e belo poema.
Beijos

tulipa disse...

é preferível começar a enviar todo o correio para:

empdsa@gmail.com

hoje, as solicitações são muitas...
é tão estranho sentir 2 sentimentos completamente opostos:
uma felicidade pela minha exposição e uma imensa tristeza e revolta pela situação da minha "menina".

Telefonei para o gabinete de publicidade do "Jornal da Moita" esta manhã (antes mesmo de saber estas notícias...) e a sra. mostrou-se interessada em vir ao Posto de Turismo pelas 16h 30m ver, in loco, a exposição.
Tenho que estar lá à espera dela, sabe Deus com o meu coração destroçado.

Obrigado por tudo.
Beijos

Mel de Carvalho disse...

Paula,
muito bom lê-la. sou-lhe grata por estes minutos de pós-almoço.

Beijo da Mel
www.noitedemel.blogs.sapo.pt


PS: fico feliz que tenha esgotado o seu livro. sortuda eu, que comprei um.

FERNANDA-ASTROFLAX disse...

QUERIDA PAULA, MAGNÍFICO POEMA PARA UMA NÃO MENOS BELA FOTO... PARABÉNS AS DUAS MENINAS!!!
UM ABRAÇO PARA VOCÊS E BOA SEMANA...
FERNANDINHA

mfc disse...

Seremos o que formos e o que nos permitirmos ser!

Nilson Barcelli disse...

O amor de amanhã nunca ninguém sabe como vai ser, porque é sempre diferente. Não há 2 amores iguais.
Gostei do poema e da foto.
Beijos.

A. João Soares disse...

Sempre idealista jogando com a temporalidade, atirando para o lado as lágrimas perdidas no tempo,
O futuro está nos sonhos e anseios; o hoje está na vida real, neste momento em que somos, ou não, perfeitamente felizes.
Beijos
A. João Soares

tinta permanente disse...

Fica, com certeza, debruado de espuma e iodo!....

abraços!

Jorge P.G disse...

Em minha opinião, sim, o poema merece bem a imagem.

Continuação de bons trabalhos!

Justine disse...

E assim, num remoínho de palavras bem entretecidas, viraste o tempo de pernas para o ar! O que a poesia pode fazer...
Poema e foto merecem-se e valorizam-se!

Tecnenfermaginando disse...

tem um selo pra vc no blog da mariana

sele-se querida, mais do que merecedora!

http://sintomadesaudade.blogspot.com/

bjo!!!!

vida de vidro disse...

Duas amigas, num post muito belo.
Paula, tenho um desafio para ti lá no meu blog. :)**

alice disse...

esta bonita fotografia é também "o futuro do olhar" do teu poema. um beijo.

Ana Oliveira disse...

Todas as canções de amor se reinventam...felizmente!

Deixo no meu blog um mimo para ti.

Beijos

Ana

Ana Martins disse...

Olá Paula,
o seu poema merece-a com toda a certeza!
Gostei muito, beijinhos.
Ana Martins

Laura disse...

Apenas um beijinho de boa noite e bons sonhos...
Eu continuo a não contar os dias, mas, esperando que de semanas se transformem em apenas dias, depois só umas horitas e segundos e assim:!!!! Beijinhos.

Cadinho RoCo disse...

Mas enquanto está por ser, agora apresenta-se bela.
Cadinho RoCo

Viver é Bom ! ! ! disse...

Que belo poema, casa-se perfeitamente com a fotografia... Seu blog é muito bom, quanta sensibilidade !
Parabéns !
Quando der visite meu blog também :

Beijo !
Solange Maia

http://eucaliptosnajanela.blogspot.com

© efeneto disse...

Será difícil escrever sobre as palavras e a foto. Casamento perfeito de sensibilidades. Parabéns ás duas que eu tenho o grato prazer de as ter como amigas. Beijos as duas.

Teresa David disse...

PODES ESTAR TRANQUILA QUE AS TUAS PALAVRAS NÃO DESMERECEM A FOTO QUE É LINDA!
BJS
TD

pin gente disse...

por isso aqui venho para aprender.

um beijo

poetaeusou . . . disse...

*
bela foto
da amiga, Maria Clarinda,
,
o teu poema ?
é perceptível . . .
hihihi
,
jinos
,
*

De Amor e de Terra disse...

Bela esta canção; bela a fotografia. Parabéns às duas.

Beijos

Maria Mamede

José Carlos disse...

Esta é a minha primeira visita...textos intensos e bonito, fotos condizentes!
Parabéns!