sábado, 14 de fevereiro de 2009

Poema


Preciso da eloquência
de um olhar tranquilo
um gesto inusitado
que de esperança
renove o vivo cantar
de um poema de amor,
de uma voz presente.


Foto: Mário G.

39 comentários:

Ana Martins disse...

Muito profundo!!!!
Parabéns!

Beijinhos,
Ana Martins

Sonia Schmorantz disse...

Mais uma vez um lindo poema...
beijo e bom final de semana

Fenix disse...

Todos nós precisamos de "uma voz presente para renovar" a nosso canto alegre de amor!
Como precisamos!!!

Muito bonito!
Beijinhos

FERNANDA & POEMAS disse...

QUERIDA PAULA, SUBLIME POEMA... A FOTO ESTÁ LINDA... BOM FIM DE SEMANA... UM GRANDE ABRAÇO DE CARINHO,
FERNANDINHA

tulipa disse...

UMA SURPRESA:

QUEM
QUISER
VER
MAIS FOTOS DA MINHA EXPOSIÇÃO
PODERÁ
IR A ESTE BLOG:

http://nunoalexsousa.blogspot.com/

ACONSELHO VIVAMENTE.

O MEU "PADRINHO"
fez-me uma surpresa
e um miminho,
em vir à Moita ver a exposição e fotografá-la.

Bom fim de semana.
Abraços.

Mário Galante disse...

Paula, que poema bonito, não sei se a fotografia corresponderá ao teu sentir tão belo.

Beijos carregados de sol
Mário

Amaral disse...

Assim tranquilo, o poeminha surge e faz-se voz presente...

wind disse...

Bonito.
Beijos

j. monge disse...

tudo se alimenta, até o amor.
gostei!

Mariz disse...

Salvé "Romã"!
Até que enfim pude vir até aqui. peço desculpa desta ausência, mas foi completamente alheia á minha vontade.
Grata sempre pelo carinho e assiduidade nas visitas. Fui mais uma vez homenageadas por uns amigos espanhóis, portugueses e franceses, que se reuniram num blog. Esse prémio, vai estar daqui a mais um tempo, na SALA dos ÓSCARES (srsrs) - penso que já toda a gente viu. Como nunca elaboro posts com prémios, achei por bem "inaugurar" um exclusivamente para o efeito. Quem quiser comentar algo, que o faça, no blog oficial...assim, escuso de andar de um lado para o outro, feita barata tonta.
gostei deste poema, embora pequenino é cheio de ênfase interior. é por ser hoje dia de S.Valentim. Fiz ás 6h e 55 da manhã uma pequena ligação com o TODO, que me comovi de tal forma que não sabia como parar as lágrimas. pedi por todos vós que me comentam. Portanto está abençoada pelo Santo de hoje e pelos planetas que se alinharam. Agora é só esperar pelo que aí vem!
Deixo um beijo e a gratidão de sempre.
Mariz

Gleidston dias disse...

Tão intenso mais ao mesmo tempo singelo, muito bonito.

Ti desejo um otimo fim de semana Paula.

bjcsss.

Passaro Azul disse...

Querida Paula
Os teus poemas, sempre em crescendo, são um lindo jardim a revisitar SEMPRE.
Para quando um novo livro?
O teu "Canela e Erva Doce", são uma boa companhia em muitas noites solitárias.
Um beijo com carinho e amizade.

alice disse...

e quem não precisa, minha querida amiga? um beijo e bom fim de semana!

manzas disse...

O sol acende a tímida luz do dia
E embarco na viagem que nunca faço…
Abraço manhãs no ceio da chuva fria
Desbravo os ventos em trilhos do acaso

Grato estou pelo comentário
No meu “pensamentos”…
Que adormecem
Ao relento do alento
E enriquecem
Meus esplêndidos momentos

Um resto de um bom fim-de-semana

O eterno abraço…

-MANZAS-

D. disse...

Um feliz dia dos Namorados.

D.

mfc disse...

Um olhar tranquilo sempre reconforta.

Fa menor disse...

Olhares tranquilos fazem bem à alma!

Bjinhos

vida de vidro disse...

Algo que surpreenda. Que acenda a esperança. É isso. Belo! **

ausenda disse...

É um poema de amor...!

Amei!!!

Beijos

jawaa disse...

Também gosto dos teus poemas pequeninos, atraentes e carnudos que vais tirando das tuas romãs e largando por aqui, pelo Eremitério.
Um beijinho neste dia dos namorados que espero tenhas de namoro real...!

Odele Souza disse...

"Uma voz presente". Como também preciso...

Deixo-te um forte abraço pelo lindo poema.E meu desejo de que tenhas um bom fim de semana.

mundo azul disse...

_______________________________

...eu também, Paula!
Assino embaixo do seu belo poema...


Beijos de luz, o meu carinho e desejo de uma belo domingo!!!

__________________________________

Maria Clarinda disse...

Como sempre, Paula delicioso e lindo!!!
Jinhos muitos

Elcio Tuiribepi disse...

Talvez sim...talvez não...rs
Inusitado talvez...um abraço na alma...belo poema

Je Vois la Vie en Vert disse...

Neste dia especial, não podia deixar de te visitar para ler mais um belo poema !

Beijinhos verdinhos amigos

Eduardo Aleixo disse...

Paula: o teu poema é feito da serenidade que o teu coração merece. A fotografia é linda. Um domingo sereno. Recebe um beijo. Eduardo

gaivota disse...

linda foto num poema terno, muito sábio...
bom domingo
beijinhos

secreto segredo disse...

Procura dentro de ti e encontrarás.

secreto segredo

Je Vois la Vie en Vert disse...

merci pour tes mots, Paula !

Dommage pour toi et tant pis pour lui, il a perdu une perle et doit s'en mordre les doigts...

Bisous verts

Justine disse...

...como uma planta resistente e bela, sobrevivendo entre pedras!

TristãoeIsolda disse...

A esperança nascida dos gestos,dizendo em versos de sentimentos

Beijos

Blueshell disse...

Apetecia-me dizer isso mesmo, fazer minhas essas tuas lindas palavras!

Obrigada!

Beijo em azul de
BlueShell

Adriana disse...

"preciso da voz presente"...que lindo tudo aqui.

Viajantis disse...

o que faz falta são vozes presentes....

xistosa - (josé torres) disse...

Se a planta (que tem que ser forte) aguenta a salinidade e secura do agreste terreno, corou com o poema de amor de voz presente...

Persida disse...

Paulinha envio-te um grande abraço com amizade.
Persida Silva

poetaeusou . . . disse...

*
paulinha
,
bonitas palavras,
ofuscadas . . .
pelo clickar do Galante,
,
perdoa-me,
,
bjis,
,
*

© Piedade Araújo Sol disse...

todos precisamos...

até me comoveu.

beij

pin gente disse...

de tudo isso preciso
um beijo