terça-feira, 3 de fevereiro de 2009

Particularidades vs manias

Desafiada pela minha Amiga Alice a contar algumas particularidades da minha pessoa.
Eu diria mais manias. Aqui vai o que me veio à cabeça:

Somar ou subtrair os números das matrículas dos carros
saber que guardei alguma coisa e nunca saber aonde
chatear-me nos dias cinzentos
pensar nos problemas dos outros como se fossem meus
escrever de repente
e esperar que o dia de hoje seja melhor que o de ontem.

Quem passar por aqui sinta-se desafiado.

28 comentários:

pedro oliveira disse...

tenho a mania dos horáriso e de chegar sempre a horas, mania de que devo ajudar sempre os outros, mania de ir visitar determinados blogues e mania de ser SEMPRE da Académica.

Fenix disse...

Tenho algumas manias...
Mas talvez a maior das minhas manias, seja MUDAR DE MANIAS!
Quando me dou conta que uma mania é apenas isso, sem qualquer propósito ou utilidade, acabo com ela!

É essa a minha maior mania..., não gosto de coisas definitivas..., especialmente aquelas que me são impostas do exterior. Nada na vida é definitivo..., porque há-de o ser humano querer criar "definitivos" à força?
Pela segurança da rotina?
Então e o prazer da descoberta e da mudança?
Sem mudança não há evolução...
Definitivamente..., não gosto de coisas definitivas!
Essa é sem dúvida a minha maior mania. Mas não a considero mania, não como as outras, porque nesta encontro sempre propósito e utilidade.

Beijinhos
Fenix

TMara disse...

manias à parte. ou seja, à partea palavra. Como tu uso as palavras dos carros. faço-lhes a prova dos nove...LOL não gosto de rotinas. daquelas k as pessoas nunca mudam. volta e meia mudo as minhas.
Bjocas
Boa semana
Luz e paz contigo Paula

Isa disse...

Bom dia,Paula.
Manias?Claro q. tenho:pontualidade;
preocupação com os outros,quase de me fazer perder o sono;fugir à rotina;telefonar às minhas 2 irmãs,
todos os dias;abrir o coração.
Beijoo.
isa.

Justine disse...

Então que o amanhã seja muito melhor que hoje:))

Eduardo Aleixo disse...

Manias?
- Somar os números das matrículas e ver se o número que resulta é bom ou mau sob o ponto de vista numerológico...
- Cantar na casa de banho...
- Agradecer todas as manhãs a Deus o estar vivo e viver dentro do meu corpo tão imperfeito.
- Sonhar com um poema que tenha uma só palavra!
- Querer ser limpo como as águas limpas dos ribeiros ( Coisa que já pouco há ).
- Procurar a Natureza, o mar, os rios, as noites de estrelas, olhar para as árvores e sentir que são seres vivos...
- Gostar de estar só e sentir-me assim estranhamente acompanhado...
- Inevitável viajar das estrelas até ao húmus quente e partir de novo dando notícias disso aos seres do infinito...
- Ver sempre um pouco de beleza em todas as coisas...
- Étc.

Um abraço muito amigo.

Eduardo

vício disse...

é legal fazer essas coisas às matriculas?

Fa menor disse...

Ui!!! tanto em comum! excepto essa das matrículas dos carros... mas é um bom exercício!

Boa semana

Beijos

wind disse...

Gostei de ler as tuas "manias":)
Beijos

mfc disse...

Apreciei (e confirmei) as palavras de esperança que nos deixas.

Gui disse...

Pois, ssa da matrícula dos carros temos em comum, mas apenas no somar. Ando a ver se encontro por ali os números da sorte. Um beijo Paulinha

korrosiva disse...

Quando acordo penso sempre:
"Hoje vai ser um grande dia!!"

ás vezes não é, mas sempre saio bem disposta de casa ;)

beijinhosss Paulinha :)

Menina_marota disse...

Manias...

Quando digo que não tenho manias, há um grito uníssono,cá em casa... Tu? Não tens manias?… e as gargalhadas que dão trazem um reportório de acusações, porque… tenho
- a mania que não sou Mãe galinha… (mas sou…)
- a mania de prezar incondicionalmente as minhas amizades…
- Não suporto ouvir o telefone tocar mais de duas vezes (quem telefona, quer sempre ser atendido depressa, digo eu)
- Não posso ver a minha casa sem flores…
- Mesmo de inverno, tenho sempre uma janela aberta - adoro ouvir de manhã o cantar da passarada lá fora…)
- a mania das miniaturas, faço "ajuntamento" delas.
- Não passo um dia, sem ir espreitar o mar…uma grande mania ou hábito meu.
- Não posso ver cinzeiros sujos, corro logo a limpá-los, porque nem sequer fumo...

Manias? Ah... quando estou nervosa ou comovida enrolo os caracóis dos cabelos ;))))

Bjinhos ;))))

FERNANDA & POEMAS disse...

OLÁ QUERIDA PAULA, EU TERIA TANTO QUE DIZER SOMBRE MIM... QUE APENAS DIGO! NÃO SEI DIZER SE SOU BOA OU MÁ, NAO SEI DIZER, SE SÃO MANIAS OU NÃO..... SIMPLESMENTE EU GOSTO DE MIM COMO SOU...
UM GRANDE ABRAÇO DE CARINHO,
FERNANDINHA

A. João Soares disse...

Um tema que pelos vistos interessa a muitos comentadores. Pela minha parte, embora pareça estranho, procuro não ter manias, nem rotinas nem vícios, apenas alguns hábitos que procuro melhorar.
Mas este computador ocupa-me muito tempo!!!
Abraço
João Soares

tinta permanente disse...

Não me sinto nada desafiado a concordar em absoluto no que respeita aos dias cinzentos!...
Aliás são uns dos meus ódios menores!

abraços!

Osvaldo disse...

Olá Paula;
Taras e Manias,... quem as não tem?.
Manias simples são sempre agradáveis, o pior é quando se tem a mania que...
Paula, acabei de ler o teu livro "Golpe de Asa" que me foi gentilmente enviado por uma amiga fantástica que nos visita aos dois nos nossos blogs, a quem agradeço "la gentillesse du geste" e acredita que devorei o livro de tão belos poemas.
Gostei de todas as poesias mas em especial a da página 19 (não digo o titulo para não causar falsas interpretações), que achei lindissima.
bjs
Osvaldo

Clarinda Galante disse...

Pois...so do I.
Matriculas de carro....prova dos nove;
e...tantas outras...olha comer chocolates deliciosos...eh,eh.
Jinhos

Laura disse...

Manias? acho que não, até que falei com uma grande amiga e ela disse; credo, tenho cá uma mania de fechar o gaz à noite, depois sento-me na tv e penso; não, não, ainda não fechei, volto à cozinha e ligo o fogão de novo, nada, está desligado, depois fecho a porta da rua sempre à chave, vou ver a porta se tá fechada, depois em duvida volto ao gaz, e volto a sentar-me, para daqui nada repetir o mesmo caminho...resposta minha; rapariga, põe uma lousa colada na parede da cozinha e pões a data todos os dias e..fechas o gaz e escreves; já está, vês a porta e já está, e quando te levantares, vês a lousa e sentas-te de novo, ou antes; leva a lousa prá salita e prontos, arre mulher que te cansas em vez de descansar...xi...
Manias, marcas de carros, ver quantos C5 passam por mim. Pontualidade não é mania, é mania de ser pontuual, sim, é isso, e que mais? ganda jornal. Já chega por hoje, beijinhos, muitos, mas que maneia de beijinhos...laura..

manzas disse...

Descobri…
Um banco do jardim
Que me segredou
Em poesia…
Aromas que aqui
Encontrou
De paz
E de harmonia...

É sempre bom estar aqui...

O eterno abraço…

-Manzas-

Teresa David disse...

OLHA QUE PARTILHO ALGUMAS DAS TUAS MANIAS!
OBRIGADA PELOS PARABENS, NÃO LEVO A MAL QUEM SE ESQUECE PORQUE NO TEU CASO E OUTROS, NEM SEI QUANDO FAZES ANOS, LOGO...
VI QUE JÁ TENS MENOS BLOGS!
BJS
TD

vida de vidro disse...

Obrigada, Paula, por teres "alinhado" no desafio. Gostei de conhecer as tuas "manias" :) E da tua mensagem de esperança. **

Ana Martins disse...

Olá Paula,
também partilho de algumas das suas manias.

Beijinhos,
Ana Martins

pin gente disse...

eu procuro (e encontro) nomes de pessoas que conheço nas matrícuas dos carros
.
.
.
mania!

O Profeta disse...

Manias?! Quem as não tem...?


A terra dorme em sobressalto
Um grito brota da alma
Danço com esta bruma de Inverno
Rodopia em meu peito uma estranha calma

Águas despertas, Mar bravio
Cai sobre mim um nevoeiro perverso
Uma onda estende seu manto de espuma
Açoita as pedras adiando o regresso


Boa semana


Mágico beijo

poetaeusou . . . disse...

*
é só ? ? ?
,
jinos
,
*

xistosa - (josé torres) disse...

Manias?

Como excentricidade e ou extravagância, saber que estou em condições cívicas para poder ser Presidente da República.
(não falei em candidatar-me, mas SER!!!)
Como obsessão ou impertinência, ser exactamente como sou.
Isto é, ser eu próprio.
Como apegado a qualquer ideia, não ser obcecado, mas ser o alvo desse desejo.
Ah!
E como coisas mais terrenas ... gosto de ser escravo ... da internet, até ao dia em que me liberte ...

Carlos Barros disse...

Sempre bom voltar aqui e me abastecer de tão belos poemas!

Confesso que a essa mania de somar e subtrair matriculas de carros,é uma de tantas que tenho.

Beijo pra tí!