segunda-feira, 8 de dezembro de 2008

Arrepio

Enquanto o arrepio
mantiver o teu corpo quente
e as palavras
prosseguirem
o seu trajecto de luz,
eu permanecerei
o som nos teus olhos
e serei
a música inalterada
dos teus poemas
de amor...

19 comentários:

wind disse...

Belo.
Beijos

FERNANDA & POEMAS disse...

Olá querida Paula, extraordinário Poema Amiga...Beijinhos de carinho e ternura,
Fernandinha

Isabel disse...

que maravilha Paula.

Beijinhos

Isabel disse...

Querida Paula,

se bem entendi hoje é o teu dia.

que sejas muito feliz:
HOJE e SEMPRE.

Beijinhos
Isabel

p.s.: não posso fazer o que gostaria no MGM pois a bodega do Multiply hoje não nos deixa fazer nada ....

Graça Pires disse...

Muito bom Paula. Permanecer no som do olhar. Ser a música dos poemas de amor...
Um beijo.

piu disse...

Arrepiante constatação :)

Amaral disse...

Palavras de amor no trajecto iluminado duma mulher que tem a poesia sempre a seu lado...

© Piedade Araújo Sol disse...

o arrepio no corpo quente, sinal de que estamos vivos.

belo poema

beij

Eli disse...

HE HE

Tamém falava disto há pouco!...

Somos feitos de palavras, não somos?

:)

peciscas disse...

Um arrepio íntimo que nos toca.

Nilson Barcelli disse...

Fabuloso cara amiga.
Em tão poucas palavras consegues exprimir tão belos sentimentos com tão belas imagens.
Parabéns, continuas numa fase muito inspirada.
Beijinhos.

Å®t Øf £övë disse...

Paula,
E o arrepio que sentiste ao ouvires cantado e musicado o teu poema "intemporal", deve ter-se tornado eterno para ti.
Beijinhos.

Vieira Calado disse...

Oh, Amiga!

Muito obrigado por ter colocado a notícia.

Bem haja

Ana Martins disse...

Olá Paula,
simplesmente lindo!!!!
Adorei!

Beijinhos

Viajantis disse...

...enquanto durar a paixão?

xistosa - (josé torres) disse...

É mesmo de arrepiar um amor vibrante que, qual diapasão fará vibrar as palavras que o mantêm.

Sonia Schmorantz disse...

Sabe por que nem sempre comentamos? Porque há momentos e palavras que se mexidas perdem a magia, este doce encanto de deitar aos olhos em coisas bonitas como as que disse aqui.
Um abraço

Maria Clarinda disse...

E que senhor poema...a paixão é maravilhosa!
Jinhos mil

De Amor e de Terra disse...

A beleza da paixão, posta em palavras; muito belo Amiga,muito belo mesmo!
Beijos

Maria Mamede