quarta-feira, 8 de outubro de 2008

Vens?


Vens tu por caminhos
tortuosos e cheios
de prenúncios
trazer-me
o conhecimento?

Sei que sim. Sim?
Que vens. Vens?

Sinto-te no beijo ardente
e na roupa negra que
usavas vestir,
sinto-te nas páginas
irregulares
das minhas palavras,
sinto-te neste ar
que respiro
por ti.

Vens? Sim? Sim. Vens.
Sei que sim. Que vens.
Para sempre.


Foto: Viajantis

15 comentários:

poetaeusou . . . disse...

*
vou . . .
,
jino,
,
*

wind disse...

Apaixonado e bonito.
Beijos

viajante disse...

quem dera que fosse para sempre...

A. João Soares disse...

Quem espera sempre alcança. Chegará sem dúvida. Mas que venha depressa, porque quem espera desespera!
A sabedoria popular cobre todas as situações!
Beijos
João

Eduardo Aleixo disse...

Lindo e terno.
Gostei muito.
EA

Beijo

peciscas disse...

Há sempre uma procura, uma espera, uma esperança.

www.arteautismo.com disse...

Paula , minha poeta, sabes que apaguei meu blog? e agora fiquei apenas com o site www.arteautismo.com ?
Mais sinto saudades da minha poeta que sempre me deu força ! Sinto saudades de ler-te e sempre estive aqui.
Dizes VEM e vim, para dizer-te do imenso carinho por ti, uma grande mulher dotada de muita sensiblidade.
Um beijo grande para ti.
Ray

viajante disse...

O anónimo Viajante que comenta acima, nada tem a ver com este que faz agora uma visita.
Prometida há muito e só agora realizada.
Belos poemas, como sempre.

Amita disse...

Que belo, Paula.

"sinto-te nas páginas irregulares..."

Assim sentimos, profundamente, como se o ontem fora presente.

Grata pelo teu carinho e pela bela poesia com que nos presenteias.
Um bjinho grande

Graça Pires disse...

Virá para sempre...
Belo poema.
Um beijo Paula.

© Piedade Araújo Sol disse...

claro que vem....vestido de verde que é a cor da esperança.

a foto...belissima.

beij

Nilson Barcelli disse...

Belo e positivo. Definitivo...
Gostei imenso deste teu poema.
Beijinhos.

Pedro Arunca disse...

Estas são páginas regulares onde venho saborear as tuas belas palavras.

Bj

Ana Patudos disse...

Não são precisas muitas palavras para dizer coisas lindas. Aqui está a prova. Muito bonito Paulinha.
Fica bem
jinhos
Ana Paula

xistosa - (josé torres) disse...

Vens?
Ou foges de beijos, dos meus volúveis desejos e pensamentos, enfim de mim?
Será certa essa certeza que é para sempre?