quarta-feira, 27 de agosto de 2008

Se eu pudesse ser

Seria uma estátua nua
que olharia a tua porta
quando entreaberta
pintasses os quadros
da nossa outra vida.

Seria talvez um pássaro
e pousaria no parapeito
da tua janela
debicando alegre
os grãozinhos que me darias
com a tua mão.

Seria um poema
que lerias todos os dias
e onde apontarias
nas entrelinhas
as nossas palavras.

Seria feliz
se eu pudesse ser!

14 comentários:

wind disse...

Belo poema.
Beijos

A. João Soares disse...

Bonito.
Mas também podes (e deves) ser feliz sendo o que és.
Beijos
João

peciscas disse...

Há sempre tempo para voltar a ser...
Mudaste a imagem do cabeçalho.
Até essa foto parece ser simbólica do estado de alma que vai transparecendo nos teus poemas.

Ana Patudos disse...

Que poema lindo Paulinha, adorei.
Como sempre, tu escreves tão bem e tens poesia tão linda.
bjos
Fica bem
Ana Paula

Eduardo Aleixo disse...

O poema é muito belo, mas demasiado triste.
Beijo.´
EA

Teresa David disse...

O poema é belo como todos que escreves, mas gostava sinceramente de te ver um dia dizeres que conseguiste encontrar a felicidade, o que só se consegue connosco próprios, nunca através dos outros.
Bjs
TD

poetaeusou . . . disse...

*
se eu pudesse ser . . .
seria eu.
,
jinos
,
*

Odele Souza disse...

Um poema muito bonito. Trsite sim, mas por vezes a tristeza é mesmo matéria prima para os poetas.

Um beijo.

Isabel-F. disse...

"...

Seria um poema
que lerias todos os dias
e onde apontarias
nas entrelinhas
as nossas palavras.
...
"


lindo ...

beijinhos

Graça Pires disse...

Poema sensível e singelo. Gostei imenso. Um beijo.

xistosa - (josé torres) disse...

Que bom podermos divagar e sermos o que talvez sejamos, mas que não nos apercebemos.
Estátua, somos todas as noites, no pousio.
Pássaro, somos a qualquer hora, quando pensamos ou ansiamos algo.
Poema, quando nos levantamos e falamos para o espelho. Nem todos o fazem ... nem todos são poetas.

Lumife disse...

Abrindo essa alma vens partilhar connosco nova luz que tão bem irradias.

Se eu pudesse ser... momento de entrega, de sonho.

Gostei muito, muito.

Agradeço a tua lembrança no meu aniversário.

Beijos

Nostalgia infinita... disse...

Mais uma vez gostei muito de ler o que ainda não tinha lido...

beijinhos

viajantis disse...

a felicidade está ao alcance de todos...depende apenas da forma com que se encara o presente e a expectativa que se cria no futuro...