segunda-feira, 10 de novembro de 2008

Escuridão


Entrei e fechei a porta.
Se tocarem,
não atendo.
Ninguém entra.

Chega de querer
impossíveis,
de percorrer
imensos corredores
de um lado ao outro
e gastar o soalho
com o meu peso...
Basta de escuridão,
agora mereço
um pouco de luz!


Foto: Viajantis

17 comentários:

Graça Pires disse...

Fechar a porta para encontrar a luz. É lindo!
Um beijo.

wind disse...

Gostei muito.
Beijos

A. Jorge disse...

Mereces muito mais que um pouco de luz. Mereces todo o brilho de uma estrela!

Um beijo

Jorge

Pedro Arunca disse...

Passei no teu poema e vi um clarão
são versos teus cheios de inspiração!

Não toquei à tua porta porque fui avisado passei em silêncio para não ser notado.

Bjs Paulinha
PA

poetaeusou . . . disse...

*
a escuridão . . .
redentora . . .
,
jinos
,
*

mfc disse...

Todos fugimos para aquela felicidade a que nos julgamos com direito.

Verdinha disse...

Todo o ser precisa de luz !
Aproveita bem aquele que tens !
Lindo poema, querida Paula e as tuas romãs foram criadas na luz porque parecem-me deliciosas !

Beijinhos verdinhos

Maria Clarinda disse...

Fechei...abri...os olhos...sim era um poema teu ...novo...lindo!!!!
Estou feliz! Estás aqui!
Jinhos no teu coração.

Vieira Calado disse...

Luz!
A luz de que todos precisamos.

"Viajamos através da luz
somos a pura contemplação da luz"
(...)

Conforme uma das minhas anteriores postagens.

Também agradeço as palavras sobre a minha próxima edição.

Bem haja

PreDatado disse...

Toc... Toc..., desculpa a desobediência mas tive de entrar. Gosto da tua luz.

Viajantis disse...

E Faça-se Luz! Fartos de viver na caverna e acumular saber apenas de sombras feito!!!

Nelson Alexandre Soares disse...

Todos precisamos de um pouco de luz...


"I'm gonna smile because I deserve too." - Leona Lewis "Better in Time"



Stay Well

Eduardo Aleixo disse...

Tu já és luz.
Bj.
EA

© Piedade Araújo Sol disse...

fecha a porta quando assim entenderes, mas deixa a janela aberta para que entre um pouco de luz.

todos precisamos de luz, até nos nossos corações.

beij

peciscas disse...

Tu mereces toda a luz do mundo e eu não deixarei de bater à tua porta.

Peter Pan disse...

Maravilhosa e Doce Amiga de Encanto:
Uma privacidade e ternura indescritíveis de beleza e ternura numa luz profunda e sentida em versos majestosos de encantar.
Um carinho versejado inconfundível e muito doce. Terno! Fantástico!
Agradeço-lhe a enorme ternura e carinho nas palavras doces expressas na Terra do Nunca. Só não respondi agora nele, porque a minha linda amiga Sininho está a "Postar". Uma vez, concluída essa atitude efectuarei de imediato a resposta linda nele que merece. É o respeito que lhe devo, assim, como a minha presença aqui ao pé de si e da sua beleza imensa e encanto profundo e significativo.
Como Pena fico-lhe eternamente grato, sensibilizado e muito comovido pela sua imensa beleza e encanto profundo. Exige uma resposta/despedida que irei efectuar.
É tão linda, sabe...???
Bj amigos de respeito, enorme estima e admiração gigantesca.
Sensibilizado...

p.pan

A última visita como PENA far-lha-ei oportunamente e com a urgência que a sua pureza merece por inteiro. A sua beleza delicia.
MUITO OBRIGADO sincero e sentido!

Viajantis disse...

pois, mas nem sempre é facil fechar a porta...