sábado, 9 de fevereiro de 2008

Cheira a romãs acabadas de abrir,
cobertas de açúcar e envoltas
em vinho do Porto,
cheira a infância eterna,
a pessoas que já nos deixaram,
a sentimentos que se desvanecem
sem querermos.

Cheira mesmo a romãs...

Mas, hoje cheira a romãs isso cheira!!

Porque as romãs sou eu e porque eu
não desisto de estar aqui...

12 comentários:

Amaral disse...

"Porque as romãs sou eu e porque eu
não desisto de estar aqui..."
Que esse espírito combativo permaneça assim, forte e determinado!

wind disse...

E fazes muito bem!
Beijos

Å®t Øf £övë disse...

Paula,
Não desistes, e muito bem, porque as tuas palavras têm um aroma a Romãs inconfundível.
Bom domingo.
Beijinhos.

peciscas disse...

E que bem que cheira aqui...

Isabel-F. disse...

eu adoro romãs ...


tenho saudades delas ... tinha uma árvore no meu quintal

________________-

tenho um prémio para ti lá no meu sítio....


beijinhos

In Loko disse...

Cheira mesmo a romãs acabadinhas de abrir hummm eu adoro romãs... e pode ser com vinho do Porto para mim Paula faço-te companhia!... sorrio!!!

E porque haverias de sair??? Não te perdoava!!!

E gosto da tua teimosia pois... e gosto das tuas palavras... e gosto de te sentir desse lado!

Beijinhos meus

A. João Soares disse...

Bela romã, que não precisa de açúcar, a não ser em momentos de astral menos elevado, e o vinho do porto não precisa ser evolvente mas apenas ingerido em dose sensata!
Belo poema, descrição autobiográfica, um desabafo aliviante e prenunciador de bom domingo.
Desejo que ao entrar na primavera tenhamos bons cheiros da Romã Paula.
Beijo
João

TINTA PERMANENTE disse...

Nunca tinha pensado que as romãs tivessem o mesmo cheiro da infância eterna...
Mas deve ser, deve...

abraços!

Graça Pires disse...

Também me cheirou a romãs e à infância eterna.
Um beijo Paula.

Carla disse...

Belo o cheiro, belo o aroma dessa fruta colorida e belas as tuas palavras

Teresa David disse...

Até salivei com a imagem dos bagos de romã com vinho do porto e açucar.
Claro que vais continuar por aqui, pois para ti, escrever é como respirar, e respiras a plenos pulmões.
Bjs
TD

A. Jorge disse...

Olá!
Tenho, para os meus eleitos, um recado no "Vagabundices"!

Um beijo

Jorge

http://vagabundices.wordpress.com/