segunda-feira, 25 de fevereiro de 2008

Beijos

Porque ele sabe quanto eu adoro beijos, enviou-mos de fogo e mel...

São de fogo e são de mel
dados e recebidos
ardentes
e precisos
estes beijos de fogo
no corpo teu
de mel beijos
na minha vida.

13 comentários:

wind disse...

Pequeno grande poema de desejo/paixão:)
Beijos

Carla disse...

doce sabor

Gui disse...

Beijos de fogo e mel. Mistura explosiva que de certeza acaba em fogo de artifício. Um beijo grande deste teu amigo.

Amaral disse...

Beijos de mel e de fogo?!...
Também acho que são precisos... mas na poesia ainda mais!...

Isabel-F. disse...

belo poema


bjs

poetaeusou . . . disse...

*
mel da vida,
,
*****

António disse...

Beijos de fogo e mel, Paulinha querida e marota...

Salsapica disse...

Fogo e mel....hummmm, isso soa saboroso. Que rico....saborrrrrrrrrr!

Beijinhos salsapiquenhos

Acordomar disse...

Gostei destes teus beijos, e gostei do blog DELE tambem - pessoa sensivel...
gostei ;)

Bjs**

António Sabão disse...

Estou a viver uma fase muito difícil da minha vida mas estarei sempre aqui para ler os teus lindos poemas!
Beijo

TINTA PERMANENTE disse...

O beijo...
é bem uma confissão
que se segreda na boca
e se ouve no coração.



Abraços!

peciscas disse...

Só agora me dei conta de que regressaste à escrita neste teu tão agradável cantinho.
Ainda bem!

De Amor e de Terra disse...

Olá Paula, boa noite!
Nada tens que me agradecer;gosto de ler e de os ler.
Agradecida sou eu (nós) pela tua participação.
Quem sabe se um dia, serás tu a lê-los, ao vivo, numa das nossas noites.
Entretanto, devo dizer que, na minha opinião, todos os beijos de amor, são de fogo e mel, por isso
deliciosos.

Um abraço da

Maria Mamede