sábado, 31 de outubro de 2009

Em páginas


Quando a vontade se sobrepõe
e impõe
o sonho toma forma
e expande-se
indiscreto
nas direcções imprevisíveis

imprevistos e quereres
tombam no sonho
como se as páginas dos livros
(que ainda não lemos)
se colocassem de feição
para que aconteça magia.


Foto minha.

40 comentários:

gaivota disse...

são esses livros que me trazem outra magia...
lindo poema paula!
bom fim de semana
beijinhos

LU MATHIAS disse...

Olá
Tudo bem?
Tens um lindo Blog, parabéns...
Tem selinho pra ti no meu blog...

Bjus... LUiza...

▒▓█► JOTA ◄█▓▒ disse...

ººº
Paula, passei pra desejar um bom f-d-s

Sonia Schmorantz disse...

A magia está na nossa imaginação quando habitamos as páginas de um bom livro e vivemos intensamente sua história...
beijão, lindo final de semana

EDUARDO POISL disse...

Bela foto belo poema.

“Cada novo amigo que ganhamos no decorrer da vida aperfeiçoa-nos e enriquece-nos, não tanto pelo que nos dá, mas pelo que nos revela de nós mesmos.”
Miguel de Unamuno

Desejo um lindo final de semana com muito amor e carinho
Abraços

Justine disse...

Só quando a vontade se spbrepõe se consegue dar corpo aos sonhos.
Muito belo

Isa disse...

Mas há mesmo magia naquilo que escreves.Magia sem truques,magia que
nos entra na Alma e ajuda a sonhar!
Beijo.
isa.

Maria Clarinda disse...

Mais um poema lindo...;) acho que já gastei a palavra lindo com os teus poemas...mas...não tenho outra!
Jhs

Kim disse...

E às vezes essa magia aumenta depois de lidos os mesmos.
Bj Paola

wind disse...

Gostei.
Beijos

AnaMar (pseudónimo) disse...

E a magia acontece, com as palavras ainda não lidas, adivinhadas, Rabiscadas, A inventar.
Bj

Vicktor disse...

Querida Paula

A magia de um livro é tão grande que ainda hoje, com todo o desenvolvimento tecnológico, se não existisse a sua invenção seria algo de subtil.

Bonito poema o teu...

Beijinhos.

Mona Lisa disse...

Olá Paula

Bom ver-te de volta e com mais um belo poema.
Adorei-o!

Sim...a vontade realiza o sonho...pena que a magia seja, a maior parte das vezes, parcial!

Bjs.

Lisa

Osvaldo disse...

Paula;

Se há algo de mágico na literatura são sem dúvida os livros e o papel que os compõeem... Adoro ler, e sentir a magia que o papel nos transporta para as mãos, por isso, os livros sempre me acompanham...

bjs, Paula.
Osvaldo

FERNANDA & POEMAS disse...

QUERIDA PAULA... LINDA FOTO... PARABÉNS!!!
QUANTO AO POEMA SUBLIME... AMIGA DO CORAÇÃO,
ABRAÇOS DE CARINHO,
FERNANDINHA

Manuela Freitas disse...

Paula,
Regressás-te às Romãs, com as tuas palavras expressivas e musicais, que são como brisas frescas...
O imprevisível da vida é sempre o melhor que a vida tem...
Beijinho,
Manuela

© Piedade Araújo Sol disse...

há sempre magia nas páginas dos livros e por vezes nas páginas da vida.

bom fim de semana!

beij

Je Vois la Vie en Vert disse...

Cara amiga Paula,

Estas lindas palavras me fizeram lembrar que ainda não encontrei o tempo suficiente para me debruçar sobre as palavras do teu último livro e nem fiz o que me prometia fazer em relação a ele....
Desculpa....

Beijinhos

Verdinha

Sofá Amarelo disse...

Onde há livros e páginas e folhas ... há magia!!!

Manu disse...

Olá Paula! Passei por aqui para lhe agradecer a visita e os comentários que deixou no meu espaço. Como poetisa, sabe bem como é importante sentir a reacção das pessoas ao que escrevemos. Voltarei aqui para um olhar mais atento. Beijos

*Lisa_B* disse...

Quando eu puder terei esse belo livro na minha cabeceira.
Até lá vou lendo aqui o que escreve.
Não dispenso os livros em papel.
Boa continuação e sucesso .
Beijinhos

Graça Pires disse...

"Para que aconteça magia" é preciso
ter no olhar um sonho que não se farte de ter esperança...
Um beijo grande, Paula

mfc disse...

E aqui vai acontecendo magia.
Gosto de te ler... sabias?!

peciscas disse...

Pois é... Quando os sonhos tomam conta de nós, para onde nos levam? Quem sabe?...
Mas quando acontece essa magia de que nos falas, a gente nem dá conta por onde anda.

heretico disse...

as imprevistas cores da magia...

belíssimo.

beijo

tulipa disse...

O teu POEMA fala de sonhos...
Ai quantos sonhos vou tendo pelos dias que passam, tomara apenas 1 deles se concretize.

Inscrevi-me num concurso que desafiava os munícipes a participar numa colectânea intitulada “Poetas Nossos Munícipes”, publicada pela Câmara Municipal da Moita.
Esta edição resultou de um desafio lançado pela autarquia, no início do ano, a todos os munícipes com mais de 14 anos com gosto pela poesia, para apresentarem os seus poemas.
A "grande surpresa" foi um dos membros do júri, o escritor Alexandre Castanheira, ter escolhido um dos meus trabalhos para ler ali, publicamente, diante de um auditório com 150 pessoas.

PAULA
convido-te a espreitar o que escrevi.
Beijos.

Å®t Øf £övë disse...

Paula,
Ler-te é sempre um momento de magia.
Beijinhos.

Ana Martins disse...

Amiga Paula,
E tudo isto no livro da vida!

Beijinhos,
Ana Martins

Odele Souza disse...

Nossa vontade dando forma aos sonhos, onde tudo é possível até a magia, tão rara hoje em dia.

Beijos.

Mariazita disse...

Querer é poder...por isso, para realizar os sonhos, é fundamental querer.

Uma boa semana.

Beijinhos
Mariazita

MPereira disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Isa disse...

Bom Dia!
Tens um selinho,sem meme,para os meus Amigos,vindo do Farol da Amizade.
Beijo.
isa.

joaninha disse...

Querida amiga, mais um belo poema com que nos presenteias. Belo e profundo. Nos livros ou no que os livros não dizem ficam uns beijinhos cheios de amizade

Eduardo Aleixo disse...

Quando o querer se confunde com a paixão do escrecer e isso está de acordo com os propósitos da alma, então acontece a magia.
Um bejo, Paulinha.

Nilson Barcelli disse...

Gostei (era previsível).
Boa semana, beijos.

Vieira Calado disse...

Paula,

o livro já vai a caminho.

Beijinho

Laura disse...

Não tenhas dúvidas que os imprevistos e os quereres, se transformam nas realidades apetecidas, basta somente, querer, querer muito, e, tudo se transforma na almejada meta...Um beijinho da laura

Cátia disse...

Minha querida,

Ja tinha lido este post, mas nao me vieram palavras palavras... Gosto do poema, da imagem...

E a vontade que nos leva para lá, para o sonho, para a aquele outro mundo tao nosso, nao é?

Beijo
CA

carlos disse...

Paula. a página é a face de uma folha, a folha é uma parte de uma resma, a resma é o resultado de uma mistura de elementos da natureza com outos. Caminhando no sentido da vida, temos: a combinação de elementos da natureza com outros, faz nascer a resma. Uma parte dela é baptizada com o nome de "livro" e uma outra com o nome de "papel". A este a sociedade vai aplicar uma pena suspensa, com a obrigação de numa próxima fase da sua vida,pedir para serem baptizados com o nome de "livro"...não somos todos iguais, porque não tivemos todos as mesmas condições...procurar ser feliz com o que temos e com o que podemos ter é uma atitude de inteligência...beijos. carlos

carlos disse...

Paula. Os papéis não são todos poéticos...o meu comentário à "página" foi influênciado pela variedade de perspectivas,que podemos ter, mesmo tratando-se de assuntos sérios... No ar mais carregado, podemos sempre sentir um sorriso escondido, com o lábio de fora...cuidado com os papéis...beijos. carlos