terça-feira, 14 de abril de 2009

Segredo


Jamais te direi
o que me passa pela cabeça
porque se trata
de um segredo
e os segredos
não se revelam.

Jamais te contarei
das horas e dos anos
que me passam pelo corpo
porque os segredos
guardam-se.

Jamais te falarei
do silêncio,
porque os silêncios
são sonhos
e os sonhos são segredos
e os segredos
não se dizem.

Jamais direi sim
ou não...
porque existem coisas
que se perdem
e que são segredos
e os segredos não morrem.


Foto: Maria Clarinda

38 comentários:

Ana Martins disse...

Profundo Segredo!!!!!!!

Beijinhos,
Ana Martins

© Piedade Araújo Sol disse...

os poemas simples por vezes são os mais dificeis.

este é um poema simples e dificl, nem por isso menos belo.

a foto está muito bem.

parabéns às duas meninas.

beij

notyet disse...

Tal e qual
Os segredos fenecem quando fogem

Maria Clarinda disse...

(...)Jamais te falarei
do silêncio,
porque os silêncios
são sonhos
e os sonhos são segredos
e os segredos
não se dizem.

Este foi um dos teus poemas que nesta altura mais me marcou, está lindo Paulinha, e o silêncio...é tão importante...por vezes!
Jinhos mil

wind disse...

Então não se perdem:)
Excelente:)
Beijos

Amaral disse...

Segredos que não morrem, silêncios e sonhos...
Dos poemas mais belos que te tenho lido... e, para mim, um dos preferidos!
Parabéns!

Mariazita disse...

Os segredos são eternos, e segredos de amor "mais eternos" ainda...

E porque hoje é o Dia Nacional do Beijo, no Brasil, acabei de publicar um poema dum amigo meu e poeta brasileiro cujo tema é BEIJOS.
Vai ver. Penso que vais gostar.

Beijinhos
Mariazita

Thiago disse...

Jamais te direi o quanto gostei deste teu post, pois é impossivel passá-lo para palavras!! Um beijo muito especial envolto de um segredo inaudível

poetaeusou . . . disse...

*
jamais deixarei
de te ler,
,
jino,
,
*

vício disse...

assim sendo... não vou perguntar mais!

Mona Lisa disse...

Olá Paula.

Amei este poema!
Poema, que me tocou!...

Bjs.

Lisa

António Sabão disse...

Bela foto, BELO POEMA! :)

Beijinhos

Carla disse...

segredos segredados em palavras encantadas
beijos

Justine disse...

E qual o segredo da teu jeito de lidar com as palavras, acordando-as sem as magoar?

Daniel Costa disse...

Paula Raposo

Segredos são segredos, são enquanto são guardados apenas por uma pessoa.
O que não acontece com a tua poesia, que mecerece adivulgação.

Daniel

As Chamas do Fénix disse...

E o mais belo de todos os segredos somos nós...magnifico

Uma grande chama para ti...beijos

Mariazita disse...

Passou uma semana e o Lírios caladinho que nem um rato...
Desculpa, Paula, mas o tempo é curto para acudir a tanto lado...
No domingo publiquei um post novo.
Se quiseres ir ver...

Beijinhos
Mariazita - LÍRIOS

Fa menor disse...

Belíssimo segredo bem guardado!

Beijinhos

Cátia disse...

Existem segredos que não se contam... e quantos segredos nao guardamos nós e que nos fazem tao mal por dentro? Há, também, que ter a coragem de falar, de contar... O poema está lindissimo, parabens!!

Beijinho grande
CA

Mariazita disse...

O autor do poema constante do meu post de hoje, Humberto-Poeta, enviou-me por email um comentário de agradecimento aos comentadores, pedindo-me que o publicasse.

Acabei de o fazer, publicando-o nos comentários.
Como no mesmo é referido o teu nome, se quiseres vai ler o agradecimento do Poeta.

Um grande beijinho
Mariazita

PS - EU TAMBÉM AGRADEÇO A TUA PRESENÇA.

Å®t Øf £övë disse...

Paula,
Há segredos assim, que nem em sonhos ousamos pensar, com medo que alguém consiga ouvir os nossos pensamentos, e desvende os nossos segredos.
Beijinhos.

Osvaldo disse...

Olá Paula;

Segredos nâo existem, porque segredos nâo se dizem e se não se dizem não têm voz e quem não tem voz,... não conta segredos.

bjs
Osvaldo

peciscas disse...

Mas, apesar de tudo, tu contas-nos muitos segredos.
Porque através dos teus versos, vamos, pouco a pouco, conhecendo-te melhor.

Branca disse...

...segredos guardados a sete chaves...

Bela foto!

Maria, Simplesmente disse...

Tens razão Paula... "os segredos não se dizem".
MeuDeus e quantos segredos guardamos!...
Bj
Maria

Sonia Schmorantz disse...

E eu jamais deixaria de ler e comentar o quanto é lindo este poema!
beijo

Viajantis disse...

...e os segredos guardam-se porque sao tesouros que nos fazem ser como somos....

Menina_marota disse...

"...Jamais te falarei
do silêncio,
porque os silêncios
são sonhos
e os sonhos são segredos
e os segredos
não se dizem.
..."

E os sonhos também, por vezes, não se confessam...

Um poema sentido e belo!

Beijinho e que o sonho nunca te morra no coração!

Menina_marota disse...

Ah... esqueci de referir: parabéns Clarinda pela imagem! Está um espanto!

Beijinho para as duas! ;)))

Jota Effe Esse disse...

Jamais esquecerei de que o teu poema é belo e profundo. Meu beijo.

j. monge disse...

Muito bonito.
Gosto dessa mistura de segredo e intimidade.
Beijo!

Eduardo Aleixo disse...

Deslisando como a água, faz-se ouvir nas margens, mas poucos entendem. Talvez os pássaros.
Eduardo

Fenix disse...

Amiga Paula!

Mais um jogo de palavras e de contrastes..., como eu gosto...

"Jamais te direi o que me passa pela cabeça", mas vou dizendo que passa...
"Jamais te contarei das horas e dos anos"..., mas vou contando que são horas e anos...
"Jamais te falarei do silêncio...", mas vou falando...
"Jamais direi sim ou não...", porque já se perdeu a oportunidade que foi sonhada e guardada em segredo e na qual seria dito "sim" ou "não"...
Os segredos não morrem porque são sobre os sonhos e esses nunca morrem nem nunca se perdem.

Adorei!!!

Beijinhos
São

Laura disse...

Jamais. Jamé. segredos é o que temos de mais precioso (nem sempre, mas, guardam-se...
Bonitas palavras.
Um beijinho a ti, de mim.

Odele Souza disse...

Segredos. Quem não tem? E este teu SEGREDO é lindo. E a foto de Maria Clarinda está perfeita para ilustrar teu poema.

Beijinhos.

Jaime A. disse...

...os ~segredos não se dizem... nem morrem...
nem as tuas palavras (que se dizem) poderão morrer, nem à boca da escrita, nem na leitura dos teus fiéis leitores...
Abraços

ILDA OLIVEIRA disse...

Como sempre querida amiga as palavrras em ti...
Tocam além do imaginável...
Que bom é guardar aquelees momentos especiais. Aquelas palavras ditas ou não ditas.
Momentos vividos ou não vividos.
Pois bem como sempre faço...
Aqui cheguei para sentir....
Senti....e senti nas enttrelinhas essse silêncios que alimenntam a tua escrita. E que Presentes são na Alma de quem os Busca.
Parabéns`
P.S - Creio que ainda dará uma boa música para canttar...:) :) :)

Viajantis disse...

importante é ter aquele cantinho só nosso....