quarta-feira, 20 de abril de 2011

No teu peito

Sei que no teu peito

seguiram os nossos beijos

e as palavras - poucas -

que trocámos,

no fugaz desenlace

da paixão.

Levaste-me contigo

e deixas-me a lembrança

- imensa -

de um hino de amor.


Paula Raposo - Abril 2011

10 comentários:

Maria disse...

Quem tem palavras a escorrer dos dedos, e escreve assim, não pode parar de escrever. Ainda bem que re.começaste...
;)

gaivota disse...

é um hino ao e do amor!
uma páscoa feliz!
beijinhos

Mona Lisa disse...

Olá Paula

Cantaste o amor de uma forma terna e bela.

Bjs.

mfc disse...

No peito do nosso amor é sempre bom o descanso...
Um descanso que nos refaz!

Graça Pires disse...

"O fugaz desenlace da paixão"...
Muito triste, Paula.
Um beijo.

wind disse...

Lindíssimo!
Beijos

Mar Arável disse...

Passo a passo nos seus passos

tropeço para me levantar

bJ

Aníbal Raposo disse...

Olá Paula,
Gostei de te ler de novo.
Beijo

Vieira Calado disse...

É assim a vida, amiga!

Bjjss

© Piedade Araújo Sol disse...

paixão é sempre fugaz.
muito bonito.
beij