quinta-feira, 4 de fevereiro de 2010

Chorando


Quando chorar
significa: aliviar a alma;
pensamos que sim.
Interrogamo-nos se vale a pena
- quem sabe - chorar por tão pouco.

E as lágrimas escorrem
macias e frescas pelo rosto
(inchado),
de outros choros não chorados.

-Vale a pena?
A resposta - se vier - será:
não.


Foto minha, tal como ultimamente.
Até já. Ver-nos-emos por aí. Talvez.

35 comentários:

Eduardo Aleixo disse...

Eu devo ser um tipo estranho: respeito tanto as lágrimas como os risos, águas de faces diferentes da mesma fonte de alma.
Que a alma se expresse apenas se expressando...
No tempo fora do tempo ardiloso da mente.
Um abraço e aproveito para desejar as melhoras do teu pai.
Eduardo Aleixo

Sonhadora disse...

Lindo poema.
chorar de certeza não vale...mas

Sonhadora

Sonia Schmorantz disse...

Hoje vim convidar você a conhecer o Ilha da Magia, blogger onde arrisco alguns ensaios poéticos
http://schmorantz.wordpress.com/
o link está no leia mais no meu tradicional espaço.
beijos

São Rosas disse...

Ai, ai, ai, ai, ai...
Tuna Massustes!

wind disse...

Se vale a pena ou não, só a pessoa é que sabe.
Quanto ao resto, deixa-me sorrir:))))
Beijos e até já:)

Isa disse...

Ñ vale a pena.Eu sei!
Mas...acontece...
Beijo.
isa.

PreDatado disse...

há lágrimas que valem a pena... outras não. Gosto do poema, mas isso nem era preciso dizer.

Mariazita disse...

Vale mais a pena chorar do que ficar com o rosto inchado de choros não chorados...
As lágrimas aliviam o coração e limpam a alma!

Foto muito bonita.

Beijinhos

alice disse...

:) um grande beijinho, paula. não desanime... a vida é tão bonita! e sabe bem que é verdade. basta a sua poesia e a sua capacidade de fotografar para o comprovar... :)

Mona Lisa disse...

Olá Paula

Há lágrimas e lágrimas!

Belo poema!

Bjs.

Lisa

ellen disse...

Vale sempre a pena chorar...alívia a alma e limpa-a das impurezas que se agregam nas profundezas! Nasce alma nova.

Bonito soneto.

Beijinho

Laura disse...

Chorar é bom
leva o sal da amargura
leva as fraquezas também
mesmo tratando-se de algo
triste e sem cura!...

Beijinho da laura
Logo haverá moambada com o grupo, se quiseres aparecer lá em casa!...

© Piedade Araújo Sol disse...

gostei do poema.

as lágrimas nem sei se aliviam ou não, mas por vezes não as podemos controlar.

eu costumo dizer: não quero chorar porque posso não saber parar.

esta frase está muito boa:

"de outros choros não chorados."

bom fim de semana!

um beij


"

heretico disse...

lágrimas? apenas as do "mar salgado"...

(as outras estragam a vida.)

beijos

joaninha disse...

Mas chorar lava a alma... poi isso vale a pena chorar quando temos a alma "suja".
Mil beijinhos de ternura

Carmo disse...

Chorar certamente não vai alterar nada, mas que ajuda a aliviar a dor, lá isso ajuda. E depois há lágrimas e lágrimas e nem tudo vale as lágrimas que derramamos.
Gostei muito.

Bom fim de semana

Beijinhos
Carmo

Vieira Calado disse...

... e houve quem dissesse que tudo vale a pena!

Beijinho para ti

José Carlos Mendes Brandão disse...

Chorar é preciso.
Se não houvesse lágrimas, seriam os nossos olhos a cair.
Desafogar o peito ou a alma? Choramos porque temos sentimentos (Dizem que homem não chora...).
Beijo.

lena disse...

Paula, querida Poeta

começo por te dizer que não gosto de ler quando escreves "Até já. Ver-nos-emos por aí. Talvez."

gosto de te sentir por cá, mesmo que nada te diga. a tua poesia faz-me falta.

gostei do teu poema, faz pensar realmente.

não sei se chorar faz bem, sei que choro e receio o choro. há lágrimas que não rolam pelo rosto, ficam presas num soluço que ninguém vê

mas choro...

e choro!

tu não vês as minhas lágrimas, mas choro!
por uma vida perdida,
um sorriso esquecido
numa dor ressentida

sim, tu não vês as minhas lágrimas, mas choro!
com medo de perder-te
por te amar
sem tocar o teu corpo

pelo silêncio da noite
pelo mundo,
de uma onda até ao luar.

tu não vês as minhas lágrimas, mas choro!
por ser dia,
e acordar assim perdida,
de medo à solidão.

com mágoa,
deitada, mesmo acordada
no rigor do inverno frio

tu não vês as minhas lágrimas, mas choro!
por querer achar respostas,
viver no silêncio,
nas palavras dos sonhos
dentro, com a alma aflita,

choro,
choro com medo ou ternura
duma infelicidade que dura,

sim,
tu não vês as minhas lágrimas,
mas eu choro!

helena maltez


um beijo para ti, sem lágrimas e um abraço com carinho, linda Poeta.

quero tanto continuar a ver-te por aqui

lena

Mariazita disse...

Olá, Paula.
Para além de desejar-te um bom domingo gostava de te perguntar se te zangaste com a Anita...
Ela despede-se hoje; não queres ir dizer-lhe adeus?

Beijo
Mariazita

Chris disse...

Mais um belíssimo poema, onde as lágrimas percorrem o rio das palavras. Será que vale a pena conter as lágrimas? Penso que não...
Um beijo
Chris

Osvaldo disse...

Paula;

Chorar,... sevale a pena ou não, mas quando o choro vem,... ninguém nos cala e chorar não é só, como erradamente se diz, coisa de mulher porque homem quando chora, chora com sentimento.

Já li três vezes este poema e vou voltar a ler porque algo me escapa mas vou conseguir interpretá-lo.

bjs, Paula.
Osvaldo

Vicktor disse...

Querida Paula

Muitas vezes choramos... é próprio do ser humano...

Mas como tal nunca deveremos perder a vontade de continuar... seres vivos que somos.

Beijinhos.

Natália Augusto disse...

Gostei do poema, Paula. É realista mas também possui uma linguagem poética única.
Às vezes engolimos as lágrimas, outras vezes choramos que nem umas "madalenas". Mas é melhor assim, pois o coração fica mais aliviado e assim podemos seguir em frente.

Beijinhos

© Piedade Araújo Sol disse...

:):)

Ivana Marisa Altafin disse...

Oi Paula,
Olha eu sou suspeita para falar, porque eu me emociono e choro com facilidade; com uma declamação de um poema, com um filme, com uma palavra que mexe comigo, enfim sou chorona e não me sinto culpada por ser assim. Sou sensível e pessoas sensíveis choram com maior facilidade, mas também admiro quem absorve tudo sem derramar uma lágrima.Um abraço!

Justine disse...

Vale a pena, sim, nem que seja para servir de escape e nos dar força para continuar...
Até já:))

LLEAL disse...

Fascinado com a força de sua palavras, senti cada letra transformando-se em imagens, então....incondicionalmente, minha mão obedeceu á voz imperiosa do coração...e tornei-me um seguidor.

Gostaria de convida-la para visitar meu blog:

http://www.llealenglishcourse.blogspot.com


Honrado, tanto eu quanto meus amigos nos sentiria-mos em ter seu nome adicionado como seguidor.

Obrigado

LLEAL

as velas ardem ate ao fim disse...

Um bjo grande!

gaivota disse...

choramos, choramos de dor e de alegria, de saudade e de satisfação!
mas há quem se orgulhe de nunca chorar!,
não prestam, simplesmente, pessoas que não sabem o melhor da vida!
o SENTIR e saber que esatmos vivos!!!
por ponde andas, amiga???
beijinhos

Á flor da pele disse...

É uma conclusão á qual nunca chego, se vale a pena ou não chorar...entretanto, vou chorando de vez em quando...e rendo tb.
Gostei de te ler.
Fica um bj

ErikaH Azzevedo disse...

Lágrimas são gotas de chuva qdo chove-nos dentro, lava tudo , leva tudo, limpa todo o sentimento.

Passeando encontrei teu blog referenciado em outro blog resolvi então dar uma olhada.

Um Xêro!

Erikah

Viajantis disse...

As lágrimas lavam a alma!

Jaime A. disse...

Há quem diga que chorar e rir provêm da mesma fonte: eu prefiro o riso... mas gostei muito deste teu choro: não vale a pena chorar (pelo menos, demais).
Beijo

Å®t Øf £övë disse...

Paula,
Chorar ajuda-nos sempre a limpar e purificar a alma.
Beijinhos.