terça-feira, 28 de fevereiro de 2012

Inquieta

Esqueci-me de bater à porta,
não parei,
corri para longe
sem expectativas;
a luz deixou uma marca
no empedrado da calçada
e eu esqueci-me
de perguntar por ti.

8 comentários:

mfc disse...

Um esquecimento que foi a desculpa para a dor não ser maior!
Lindo!
Beijinhos.

© Piedade Araújo Sol disse...

mas a luz deixou a marca.

um beij

Sonhadora disse...

Minha querida

Quantas vezes fugimos de nós...mas a nossa sombra vai sempre connosco.

Beijinhos com carinho
Sonhadora

Mar Arável disse...

Não é possível fugir

muito menos quando a luz se projecta no chão

wind disse...

Bonito e inquietante:)
Beijos

alice macedo campos disse...

e eu vim bater a esta porta:) um beijinho, paula*

Isa Lisboa disse...

Por vezes não nos é possível parar...

Jaime A. disse...

ficou na calçada a tua marca e o esquecimento terá sido momentâneo...