terça-feira, 16 de março de 2010

Falei?


Já te falei do cansaço
após a viagem?
Falei-te da falta que me fazes?
Talvez te tenha falado
como me fatigam
as palavras que se têm que dizer.

Falei-te - certamente -
da incompreensão
com que esbarro a cada passo.

Por tudo o que te falei
ou não falei
- talvez te tenha dito -
não regressarei.


Foto minha.

24 comentários:

Sonhadora disse...

Lindo poema.

Por tudo o que te falei
ou não falei
- talvez te tenha dito -
não regressarei.

Adorei.

Beijos
Sonhadora

FERNANDINHA & POEMAS disse...

QUERIDA PAULA, BELO POEMA E FOTO SUBLIME...ABRAÇOS DE CARINHO,
FERNANDINHA

Osvaldo disse...

Paula;

Falaste... e nós escutamos!...
E que bom é te escutar falar e... escrever.

bjs, Paula.
Osvaldo

São Rosas disse...

"falta que me fazes"

(só para te mostrar que li com atenção)

;O)

Isa disse...

Sinto cada palavra,minha Amiga,como se fosse eu a dizê-la, a ter o dom da Poesia.Por isso "adoro" o que escreves.
Beijo.
isa.

wind disse...

Dorido.
Beijos

Mona Lisa disse...

Olá Paula

Um poema sentido, sofrido.

Parece que ouvi...

...Por tudo o que te falei
ou não falei
- talvez te tenha dito -
não regressarei.

Bjs.

João Videira Santos disse...

Queridissima Paula

Há, pelo menos, uma coisa que temos em comum e que eu adoro...

Escrevemos pouco e no apreço de alguns, dizemos...muito!

Já percebi (há muito!) que "poesia-a-metro" não é para nós.

(Com esta "saída" imagino o que vão pensar de mim...e mais não digo para não "fermentar" a revolta...)

Beijo e...obrigado pelas tuas visitas,pelos teus comentários.

Ana Oliveira disse...

As palavras cansam-nos tanto, às vezes...

Um beijo

Ana

continuando assim... disse...

MAIS LOGO, um novo capítulo da história de Alice.
lá no,
... continuando assim...

Aceito , e agradeço as vossas sugestões ... talvez a letra esteja pequena... talvez o blogue possa estar confuso.... talvez ... e talvez :)
talvez nem gostem da história...

Enfim...qualquer coisa, digam.
até logo

obrigada por seguirem, e bem vindo!!! a quem chega de novo !

Bj
teresa

Amaral disse...

Continuas no teu melhor!!!
Falas em cansaço?... Olha que não se nota nada!...

Gonçalo disse...

Lembro-me que no primeiro encontro tinha o teu nome guardado com carinho na minha lista de confirmações para o I Encontro Nacional de Blogueiros, mas infelizmente a confirmação dissipou-se por motivos de força maior. E agora, será que terei o prazer de te conhecer e celebrar a força do blogueiro!

:)

Um beijinho grande *;)

Gonçalo disse...

Obrigado pelo carinho no canto superior direito do teu blogue!

:)

Beijinhos***

Å®t Øf £övë disse...

Paula,
Com ou sem palavras, o mais importante são os nossos actos, e atitudes.
Beijinhos.

heretico disse...

quando as palavras se gastam, mais vele...

beijo

Viajantis disse...

porque sera que se tem de explicar tanto...pq sera que meia palavra ñem sempre basta? Bonita foto!

José Rui Fernandes disse...

Plagiando um pouco:

Por tudo o que aqui li
ou ainda não li
- talvez não o tenha dito -
eu regressarei.


Um beijo,
José Rui

Graça Pires disse...

Falaste das palavras fatigadas e tão gastas de ternura...
Um beijo, Paula.

Aníbal Raposo disse...

Olá Paula,

Passo sempre por aqui com muita atenção. Gosto dos teus poemas.

Beijos

© Piedade Araújo Sol disse...

cansaço...mas as palavras podem sempre se renvar.

bela foto.

beij

Carmo disse...

Olá Paula, é com agrado que passo sempre pelo seu espaço. Gosto das palavras que diz, mas também das que não diz e que leio nas entrelinhas.

bom fim de semana

beijinhos

Carmo

Vieira Calado disse...

Há sempre muito que fica por dizer...

Beijinho e bom fim de semana

lena disse...

queria amiga e Poeta

as palavras dizem tanto e as tuas têm uma emoção tremenda.

perante este mar imenso a renovação é feita em todos os momentos

adoro ler-te, a tua poesia é tão bela Paulinha

beijo meu e a ternura de um abraço

lena

Odele Souza disse...

Não sei do que mais mais: Se de teus poemas ou se de tuas fotos. Ambos são lindos.

Beijos.